sobre

 

As roupas e os adornos que acompanham o ser humano falam muito sobre um determinado tempo histórico e social, além disso, também  falam sobre aspectos psicológicos, subjetivos e de apreensão do mundo social. A roupa pode ser vista através de muitos pontos de vista, mas ela nunca deixa de ser linguagem. A escolha dos adornos está estruturada socialmente (por grupos, classes sociais, gênero), mas também ultrapassa essa estrutura através das práticas e das escolhas dos indivíduos, que constantemente estão alterando-a. A moda ‘conversa’ com a estrutura social, a estrutura social conversa com os indivíduos, e os indivíduos vivem, inventam, recriam, e alteram a estrutura, assim como ela os altera. É um jogo social. A moda é um jogo social de diferentes formas de expressão.

A  moda não tem limites, o limite está no nosso próprio olhar.

É preciso reaprender a ver.

*No menu acima você terá as categorias (moda+arte, moda+cultura, moda+política e vídeos) que já foram abordadas por mim. Abaixo, terá as postagens mais recentes.

IMG_0053-001.JPG

Natalia Seeger Duarte, 23
Estudante de Ciências Sociais, costureira
e idealizadora do Relicário Bazar.
Florianópolis, Brasil.